Deixei a neura de lado e por volta das 8 da noite peguei um taxi e fui para festa.Chegando lá logo vi o meu carro parado no estacionamente.Entrei e logo dou de cara com o vitor q tinha levado o luan ( puta merda!O quarteto amoroso estava todo lá).Fiquei meio disnorteado,para onde quer q eu fosse o vitor ou luan vinham atraz.Eu logo falei:

_Ô vitor e luan.Parem de agir feito uma dupla certaneja e vão dar uma circulada separados.

O luan olhou para mim com uma cara safada e disse:

_Olhe para ele como está rebelde. Quando eu comer seu cúzinho denovo eu quero ver essa rebeldia vir a tona.

Esses caras tinham o poder de me calar de tesão.Eu sair e encontrei o marcos conversando com o pedro.Q me deu uma olhada muito estranha,meio q me menosprezando.Nem liguei.

A acadêmia estava muito escura pois tinhas uma luzes bem de boates.A todo momento o luan dava um jeito de me atiçar.Eu estava parado no barzinho emprovisado quando sinto alguem passar bem juntinho por traz de mim,simplesmente um esfregão,quando olho era o luan.

Cara e o pior é q eu não sabia resistir, era muito musculo para eu dizer não. Falei para o intrutor q estava aniversáriando q queria ir ao banheiro ,só q tinha uma fila imensa e eu não e que eu estava super apertado.Então ele disse:

_Vá lá no escritório e pegue na terceira gaverta do balcão a chave do vestiário.

Foi isso q eu fiz,eu não estava afim de enfrentar fila,fila só de banco e olhe lá.Entrei no escritória peguei a chave e fui para o vestiário.abrir e entrei coloquei meu pau para fora e fiz o q eu tinha q fazer.

O vestiário estava bem escuro, só com uma luz bem fraquinha q mesmo assim estava piscando como naqueles filmes de terror.estou lá na maior quando derrepente abre a porta,quando olho....

Entra no vestiário luan sozinho (dessa vez ele já chegou com a mão no pau e com um cara bem safada q já era um convite sem recusa).Ele logo chegou perto de mim e me deu um beijo bem gostoso e apertava bem forte minha bunda.eu sentia q por baixo daquela calça jeans tinha um pau durão louco para ser chupado.

Abrir o ziper da calça dele e vi uma cueca preta bem apertadinha,aquela luz do vestiário piscando deixava o clima ainda mais sexy.Eu sabia q o marcos deveria está me procurando ,mas o clima estava tão gostoso ali dentro q eu só sairia dali depois q o leite estivesse servido.

Eu tirei a calça ,tranquei a porta e quando eu estava voltando, ele estava tirando a dele.Ele ficou completamente nu,ele tinha umas coxas bem grossas e muito musculosas,a barriga toda tanquinho o peitoral bem malhado.Uma boquinha vermelhinha linda .Quando ele se excitava a cara de safado dele ficava mais evidente.

Ele me beijoui e logo depois disse:

_Pela sua rebeldia lá fora,vc vai apanhar na bundinha mas antes eu vou dar uma chupada nesse cuzinho.vire ele para mim.

Eu virei ele se abaixou e meteu a lingua no meu cú.Cara isso é muito gostoso.e o pior q ele ainda dizia:

_Vou deixar ele bem molhadinho para depois eu meter bem gostoso seu safadinho. A forma como ele falava isso era o q me excitava mais,pois a voz dele era bem bonita ,tipo de radialista.

já nu eu fiquei de 4 no banco do vestiário e logo pedi: _Mete gostoso vai cara.

_Vc quer sentir esse macho aqui te comendo neh?quer sentir meu pauzão te enrrabando todino neh?então toma.

Nessa hora ele empurrou tudo de uma só vez e eu gemi.

_Olha como ele geme gostoso.Gema mais.falou ele e voltou a meter com força.nem trocamos de posição depois ele acabou gozando em meu peito a pedido meu.

de uma forma estranha eu gostava de todos.Cada um dos 3 caras tinha um jeito diferente de transar.

* Marco era bem carinhoso.A todo momento fazia carícias e me fala coisas legais.

* Luan era o safado e sem piedade.Ele começava a meter e quem não aguentar q chorrasse.

* O vitor era de tudo um pouco.Mas deixava a desejar no quizito carinho.por mais q ele tentasse sempre me passava a idéa d está ali só para me comer.

Me limpei com um papel toalha q tinha ali no vestiário,me vestir e o luan logo veio me dar um beijo.Depois quando eu estava saindo ele deu um tapinha em minha bunda e disse:

_Continue assim!

Dei um pequeno sorriso e ele saiu.fiquei ali dentro dando um tempo e depois eu sair.fechei novamente a porta e levei a chave de volta para o escritório.

A festa estava bombando.Como em toda boa acadêmia sempre tem mais homens do q mulheres.E as mulheres q tinhas estavam com os seus namorados q tambem eram gostosos. Eu tomei um negócio alcóolico q logo me deixou meio tonto,mais foi coisa leve.quem parecia está bebado mesmo era o marcos.Ele estava bem com uma cara de loucão ."Poxa como é q eu deixei isso acontecer?"eu pensei.

Quando eu cheguei perto dele,percebi q tinha um carinha no maior papo com ele.Cheguei até eles interrompi a conversa e perguntei se ele estava bem.O retardado do cara teve a audácia de dizer:

_Relaxe garoto !Tá comigo ta com deus.

Eu só olhei para ele educadamente e respondi:

_Vai tomar no cú seu viado!

O cara se levantou e logo armou-se aquela confusão.Puxei marcos pelo braço e percebi q ele não estava tão bêbado quanto parecia.

Ele me empurrou e disse:

_Cara eu pensei q vc era diferente.

Han? Não entendi nada.Marcos sai,e quando eu iria acompanha-lo vem o pedro (o preconceituoso q falei no inicio da historia) e me diz:

_ É interessante que as pessoas fazem no vestiário.Mesmo sabendo q aqui existe um poderoso circuíto de câmeras.

O pedro me falou q não tiraria o meu emprego,mas q aquilo não poderia se repetir.

Caralho! bye reputação.

entendi o porq do marcos ter ficado daquele jeito,acho q o pedro deve ter comentado,pois eu havia transado com marcos ali tambem e durante a festa algum segurança deve ter avisado.Mas uma coisa eu fiquei sem entender...

Se o pedro havia sido informado q durante a festa eu estava dando no vestiário,porq ele não entrou lá e me pegou literalmente com a boca na butija?Essa duvida eu acabei levando para casa.

Quando o vitor ficou sabendo da hitoria tudo o q ele disse foi:

_Isso é o q dar não medir o risco.

E aquilo lá no shopping foi o q? Fui para casa irádo.

Assim q cheguei liguei para o marcos e o mesmo não atendeu.mandei varias mensagens e nada de retorno. Fiquei nesa até as 3 da manhã fui para o quarto da empregada,ond tinha sido minha ultima transa com o marcos deitei na cama e vi na minha frente o ditado se concretizar."QUEM TUDO QUER NADA TEM" .

Autor: Junior
E-mail - back-to-you@hotmail.com
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.