No caminho ele foi falando um monte de bobagens,todo feliz sei lá por qual motivo.Enquanto eu dirigia ele me beijava,me abraçava, me mimava e eu nem aí,na minha cabeça eu só queria entender o porq do chamego dele com o pedro.

Deixei ele proximo a casa dele, dei um beijo de despedida e caí fora. No caminho para minha casa liguei para o vitor e logo q ele atendeu eu falei:

_Cara to loucão de tesão.Tô afim de rebolar bem gostoso no seu pau.Chame o luan e vamos curti.

Ele falou q o luan tava meio doente mas q tinha um amigo dele q tambem curtia e eu pedi para q o levasse.Cheguei em casa tomei banho e logo fui para a casa do vitor.

Do portão da casa dele dou um toque no celular e logo depois ele sai com uma bermuda azul clara e uma camiseta branca.Nossa ele estava uma delicia.

Eu estava disposto naquele dia a descontar minha raiva do marcos transando bem gostoso com o vitor e o amigo dele q eu nem fazia idéa de quem era.

Assim q ele entrou no carro logo me puxou pela nuca e me beijou.Muito educadamente me perguntou como eu estava e eu respondi q estava bem e q ficaria bem melhor quando colocasse o pau dele na minha boca e ele muito safado logo disse:

_Então vem fazer isso agora mano.

Desci do carro e mandei ele dirigir,entrei do outro lado já abrindo a bermuda dele.

O pau dele já estava no ponto para ser mamado,abocanhei ele todinho.chupava as bolas e logo depois voltava para aquele pau cabeçudo,ele passava a mão nos meus cabelos e dizia:

_Vai delicia!Mama esse pau q vai entrar já já no seu cuzinho!

Eu continuei até q ele acabou gozando um litro de porra quentinha na minha boca.Uma delicia!

chegamos no ap do amigo dele(Confesso q fiquei muito apreenssivo).Entramos no elevador e subimos nos beijando,paramos no 10º andar. Ele liga para o carinha para dizer q havia chegado e logo a porta do fim do corredor se abre,era o tal amigo dele.

Assim q vi logo me assutei.Nossa o cara era um monstro de forte.os braços dele era da grossura da minha coxa.Sem contar no peitoral do cara.Ele estava sem camisa e com um short preto,ele era muito gostoso (embora não tivesse o rosto muito bonito,mas dava para o gasto).

O Vitor logo me apresentou ao brutamontes.O nome dele era mateus,tinha 26 anos e tinha uma academia de esportes marciais.O cara olhava para mim com uma cara muito safada e eu retribuia a altura. Vez ou outra ele dava uma coçadinha no pau,e logo eu percebia o volumão ali me convidando.

O vitor como sempre logo vem com as suas brexas para o sexo dizendo:

_Cara vc nem imagina o quanto esse brother mama gostoso e tem um rabinho delicioso( eu estava sentado no sofá ouvindo tudo aquilo todo envergonhado).

O cara sentou do meu lado pegou na minha boca e disse.

_Sério!Então mostre como é q vc faz.

Nessa hora ele pôs o pau para fora.Era imenso só de ver eu já senti a dor.O pau era todo cheio de veias,meio torto e tinha uma cabeça bem grande e vermelha.Nem pensei mostrei a ele como eu tinha feito com o vitor minutos antes.

Ele gemia bem gostoso e o vitor só assistindo a cena e dizendo:

_chupa toda!Hoje vc tem duas picas só para vc.

Isso me animou.Logo depois o vitor colocou meu pau para fora q me chupou,passeando a mão por minhas bolas.E logo eu percebi o óbvio...Essa fóda vai ser uma delícia.

Contunuei chupando o brutamontes e o pau dele preenchia toda a minha boca,eu tentava engolir todo aquele pauzão mas não conseguia,por mais anbicioso que eu seja tinha que assumir que era demais pra mim.o mateus me puxou pelos cabelos e me deu um beijo bem gostoso e molhado (ele dava umas mordidinhas nos meus labios q eu adorava),enquanto isso eu acariciava o pau dele com a minha mão direita e o vitor pagando um boquete para mim bem gostoso,ele chupava tudinho e fazia varias movimentos com a lingua.

Eu estava muito excitado.O vitor parou de me chupar e eu logo dei um beijo na boca dele,fomos nos levantando e nos beijando e ao mesmo tempo eu fui abrindo a bermuda dele e finalmente fui ajudando ele a tira-la,ele fez o mesmo comigo.continuamos nos beijando de pé e o pau dele tocava a minha barriga.

Enquanto eu beijava o sentir o mateus beijando minha bunda e logo depois deu uma chupada bem gostosa no meu cú e isso me deu um puta tesão.

O vitor lambia minha orelha e batia uma em mim,eu fechei os olhos e deixei aqueles dois deuses gregos brincarem comigo.

Eu só queria curti o momento e esquecer a raiva que eu estava dor marcos ( q a essa altura eu ja tinha esquecido ,pelo menos naquele momento).

O vitor continuou me beijando e foi me puxando em direção a uma parede q ficava proximo a porta.Emprenssei ele na parede dei um beijo bem gostoso nele e empurrei o meu dedo no cú dele,ele deu uma leve gemidinha.

Enquanto eu o beijava la vinha por traz de mim o mateus com aquele pauzão na mão.ele se abaixou abriu minha bunda e deu uma cuspida bem lá no meio,logo se levandou e foi enfiando bem devagar.Estava doendo mas estava bom.o tesão foi tanto q ao mesmo tempo q o mateus enfiava em mim eu coloquei o segundo dedo no cú do vitor e ele soltou um "ai cara vai devagar"q me deu mais tesão.

Finalmente sinto todo o pau poderoso do mateus dentro de mim.Imagine a cena...O mateus todo grandão enfiando bem forte em mim, eu beijando o vitor q é uma delicia e ao mesmo tempo enfiando o dedo no cú dele e ele batendo uma em mim.

Nossa dá tesão só em relembrar a cena.vitor estava apoiado na parede só as cotas, eu meio que me apoiando de frente nele,e por tras a basuca do mateus mandava bala.Por mais frio que estava o ambiente ( graças ao ar-condicionado) o vitor suava e o suor dele me molhava.

O mateus me abraçou pela cintura bem forte e começou a meter com muita força,o som do saco dele batendo em mim ecoava pelo apartamente sem contar nos gemidos dele e na respiração ôfegante o calor da respiração dele vinha em minha nuca.

Logo depois o mateus tirou o pau e pedio para eu comer ele,eu logo aceitei,ele se inclinou um pouco,põs as mãos no braço do sofá e eu fui metendo sem piedade (eu metia com tanta força q parecia uma britadeira perfurando o concréto)eu queria deixar aquele cuzinho bem arrombado.

O legal é q enquanto eu metia, no lugar do vitor beijar o mateus,ele me beijava e sempre falava umas coisinhas do tipo"Ta gostando?vai coma ele"Eu estava adorando os mimos do vitor.

Continuei comendo o brutamontes q gemia bem gostoso,eu sempre dava uns tapinhas na bunda dele e mandava ele impinar aquela bundinha musculosa.O q me dava mais tesão era o vitor q ficava em pé atraz d mim beijando o meu pescoço e me incentivando.

tirei meu pau de dentro do marombado e pedi para ele ficar de joelhos e abrir a boca e então jorrei porra na boca e no rosto dele.O leite se espalhou pelo rosto dele e uma boa parte foi garganta adentro,só que não deixei ele cuspir,comigo é assim.Ele foi se lavar e eu e o vitor continuamos lá.

Dei uma chupada no pau do vitor e passeava minhas mão pelo abdomem tanquinho dele,ele estava com os olhos fechados sentindo eu o mamar.

O puxei de volta á parede,opoiei minhas duas mão e deixei q ele fosse metendo aquele pauzão todinho,ele metia devagarzinho,era uma delicia senti-lo dentro de mim só ele pegava na minha sintura daquele jeito,só ele sabia lamber minha orelha e falar baixinho q meu cú era gostoso.Só ele me dava umas senssações de querer gozar rios de porra.

O suor dele pingava nas minhas costas e quando eu sentia pigando eu me arrepiava.

Ele sempre me dava umas mordidinhas nas costas,leves arranhões,puxava o meu cabelo e me beijava,ele me comia como um verdadeiro macho.

Autor: Junior
E-mail - back-to-you@hotmail.com
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.