Durante o caminho até minha casa o vitor não falava nada,pairava um silêncio brutal dentro do carro.Na minha cabeça rodava um filme todo em camera lenta cujo ator principal era o marcos.

Eu estava sériamente louco por ele,mas o fato dele ter mentido foi o q me magoou,pelos cochichos dele com o pedro q já vem acontecendo a alguns dias aquela concerteza não havia sido a primeira traição dele,mas eu não julgo o passado, afinal eu tambem curti a bessa só q essa ultima me decepcionou muito.Desmoronou alí o meu reinado no castelo de areia.

Chegamos em minha casa, eu nem falei com o vitor e desci,ele me perguntou se poderia ir para casa como meu carro,eu estava com tanta raiva do mundo q disse a ele q chamasse um taxi.Ele desceu do carro.e falou em voz bem alta:

_Poxa cara eu não tenho culpa das suas decepções amorosas brother (nesse instante ele pôs a mão direita em meu ombro e olhando para mim continuou).

A vida é assim mesmo,as vezes é necessário agente apanhar para aprender.Muitas vezes o grande amor da nossa vida está alí parado na nossa frente e nós não vemos.Do q vai adiantar vc ficar morrendo por dentro?

O q aconteceu aconteceu e nada vai mudar,encare os fatos.

Eu pedi desculpas e nos abraçamos.Enquanto eu o abraçava vi um taxi se aproximando e um pouco proximo para e desce o marcos.

Ele estava com o olho direito todo inchado e vermelho do soco q o vitor havia dado.Pedi para o vitor ir embora pois eu mesmo resolveria aquela situação,ele atendeu.O marcos vem com lagrimas nos olhos e logo fala:

_EU SEI Q ERREI CARA EU PROMETO Q NUNCA MAIS FAREI ISSO. ME PERDOE.

Eu nem olhei para ele.Eu tremia tanto de raiva q nem estava conseguindo colocar a chave na ferchadura do portão ele continuou aumentando o tom da voz:

_POXA ME DESCULPE!TODOS COMETEMOS FALHAS,EU COMETI A MINHA. SÓ PEÇO Q VC TENTE ENTENDER E ME PERDOAR.

Nesse instante eu conseguir abrir o portão entrei e ele segurou a porta para q eu não a fechasse na cara dele.

Ele tentou pegar em minha mão esquerda e eu a puxei de volta. Ele chorava feito uma criança,e por mais sério q eu estivesse por dentro eu fazia o mesmo.

Pedi a ele para soltar a porta, ele não soltou.Puxei ele pela gola da camisa e falei q se ele não soltasse a porta eu me encarregaria de deixar os dois olhos dele iguais.Me deu um a profundo dor no coração quando ele soltou a porta olhou para baixo e falou.

_SEXO É SEXO.AMOR EU SÓ FIZ COM VC.

Eu fechei a porta e o deixando do lado de fora juntamente com o meu coração.

Entrei em casa.Estava tudo apagado,uma escuridão q não me deixava ver quase nada.Sentei no sofá e fiquei alí vagando nos pensamentos até amanhacer.Eu estava mumificado no sofá.Por mim o mundo acabaria naquele momento.

Eu estava perdendo tudo o q eu amava de forma trágica.Quando eu era "hetero" minha vida era bem melhor,sem paxões,curtição com as minas nas baladas,meu coração era tipo um globo de boate q batia no ritmo da música.

Minha vida era uma festa.acabei dormindo no sofá. Acordei com o meu primo me cervindo café achando q eu estava bêbado.Peguei o café e fui para o meu quarto.tirei o meu celular do bolso e o liguei (antes de ir para festa eu havia desligado,pois eu sempre faço isso) e logo chove mensagens do marcos pedindo desculpas e umas outras q eu nem li.

Entre as mensagens tinha uma do vitor q dizia assim "HOMENS NÃO NASCERAM PARA NAMORAR,NASCERAM PARA FARREAR". Será?coloquei o café encima do criado mudo tirei toda aquela roupa.

Nesse dia não sair de casa e fiquei assim por mais uns 2 dias,sem ir para academia. Me desliguei do mundo naquele final de semana.

A segunda feira chegou me acordando para a dura realidade do inicio de semana.Eu estava disposto a esquecer tudo aquilo e bola pra frente.Tomei café com o meu primo conversando sobre nossa infância (fomos crianças traquinas).

Assim q tomei café vesti uma camiseta preta q estava jogada no guarda-roupas,peguei o carro e fui em busca de uma nova academia,pois naquela eu não voltaria nunca mais.Eu já conhecia algumas legais,e fui em uma q ficava um pouco distante da minha casa.

Eu nunca havia entrado ,só passado pela frente q era bem estilosa. Estacionei o carro do outro lado da rua e fui em direção a academia. Logo assim q entrei vejo um cara gigantesco com uma camiseta preta com o nome da academia em amarelo.

Fui até ele e manifestei o meu interesse em me matricular lá(além de dar uma olhada bem de perto naquele corpo marombado).Ele manda eu ir falar com um outro cara q estava um pouco mais a frente,eu agradeci e fui.

Quando chego no tal cara logo percebo q ele era muito gostoso.Nossa! q homem é esse? (Penso eu). Ele era alto,tinha o cabelo bem baixo e preto,olhos castanhos,pele clara,braços bem trabalhados,coxas grossas e um sorriso lindo um tesão concretizado alí em minha frente.

Falei com ele sobre o meu interesse em me matricular lá e ele me chamou para um escritório eu fui o acompanhado e vendo aquela bundinha mexendo no ritmo dos passos dele.

Entrei no escritório e falamos sobre o meu sistema de malhação.Ele me fez umas indicaçães e tal e me olhava como olhar q acho q era o natural dele:bem safado.

Após a parte burocrática ele me falou q eu poderia começar a malhar naquele mesmo instante.Achei bem legal a idéa ,eu estava tenso e precisava de alguma forma descaregar aquilo.Ele falou para q eu procurasse o instrutor Marcelo,pois seria ele q me instruiria.

Fui a procura do tal marcelo.

Durante minha busca ao tal marcelo o meu celular toca.Olho o indentificador de chamadas era o marcos.Eu logo atendi:

_FALA CARA!

Falei normalmente como se nada houvesse acontecido.

_RAFA TÔ TE ESPERANDO NA FRENTE DA ACADEMIA CADÊ VC?

_ESTOU DENTRO DA ACADEMIA.

_TÁ NÃO Q EU JÁ PROCUREI.

Com o meu cinismo merecedor de oscar eu respondi:

_AH É!EU TROQUEI DE ACADEMIA,PASSEI PARA UMA MAIS DECENTE Q NÃO TIVESSE UM CLIMA DE BORDEL SACA?

Ele aumentando o tom disse:

_CARA DEIXA DE CRIANCISSE SÓ VC NÃO ....

Eu desliguei.

Autor: Junior
E-mail - back-to-you@hotmail.com
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.