Falei a ele q eu precisava toca-lo direito ,precisavamos conversar,precisava beija-lo. O chamei para irmos à minha casa q era alí perto,eu tinha ido para o banco a pé.Ai ele tirou do bolso uma chave e desligou o alarme de um carro preto q estava em minha frente.

_É MEU GOSTOU?

Era lindo igual ele.Fomos até o predio onde eu moro e ele logo falou q morava alí perto.O destino realmente havia nos unidos.Entramos no predio,subimos o elevador já nos beijando.A porta abriu e nem vi se tinha gente no corredor fomos até a porta do ap nos beijando e se embarrando nas paredes.Q saudades daqueles beijos.Abrir a porta do apartamento e entramos assim q fechei ele disse:

_SENTI MUITA SAUDADES DE VC.NÃO CONSIGO FICAR SEM VC.QUER NAMORAR COMIGO SÉRIO?

Eu chorei e logo o beijei,depois eu falei: _SÓ Q DESSA VEZ NÃO TEM ANÉL NÃO É,POIS EU JOGUEI O QUE VC MEDEU NA SUA CARA.

Ele respondeu:

_QUEM TE DISSE ISSO?

Ele puxou um colar q estava pendurado no pescoço por dentro da camisa,quando ele o puxou vejo os dois anéis juntos usados como pingente do colar.Ele tirou o colar e colocou o anel em meu dedo,logo em seguida ele colocou o dele.Nos beijamos e logo eu fui tirando a camisa dele e em seguida tirei a minha.

Dei uma chupada no mamilo dele.Ele massageava minha cabeça com as mãos(Eu conhecia cada centimetro daquele corpo sabia bem aonde tocar,por onde começar e como terminar).Logo ele tirou minha calça e em seguida tirou a dele deixando a mostra uma cueca branca linda.Eu estava todo nervoso e eufórico.tirei o pau dele de dentro da cueca e o chupei.Na minha boca explodia aquele sabor incoparavel.Eu tremia de tanta adrenalina.

O pau dele latejava em minha boca.Eu chupei muito.Ele se contorcia todo quando eu passava lingua na cabeça do pau dele,que estav bem vermelha e levemente quente.É interessante como uma coisa sem sabor pode ser tão boa. Eu brincava com o pau dele e ele olhava pra mim.No rosto ele trazia uma expressão muito sexy.Como ele é bem branquinho quando se excita fica todo vermelho,eufórico,feroz e doce ao mesmo tempo.

Eu desci minha lingua pau abaixo e fui pras bolas,chupei muito,lambi muito.Eu estava com muito tesão em fazer isso.Eu estava de fato me divertindo,estava curtindo.Ele pegou em meu queixo e me levantou...me beijou...apertou minha bunda.Em seguida ele se abaixou e abocanhou meu pau.Fexei os olhos.Eu queria e estava sentindo aquilo não como sexo,não apenas como prazer,não apenas sentindo o gozo vibrando em meu pau.

Meu coração estava acelerado,Estranhamente acelerado.Muito embora eu estivesse com calor,minhas mãos estavam frias,e por mais que eu ja tivesse feito aquilo outras vezes ,dessa vez eu não sabia o que fazer.Ele levantou me empurrou contra a parede e me olhou.eu sentia o calor da respiração dele.eu sentia o suor do corpo dele encostado no meu.

Aquele escuro que o ap estava deixava tudo tão mais sexy.Apenas uma luz de um abajour que ficava no canto da sala era o que clariava o ambiente.O som da nossa respiração ofegante,era o unico barulho e continuavamso ali de frente um para o outro olhando hipnoticamente nos olhos.Ele passou a linguas nos lábios,passou a mão em meu rosto ,eu fexei os olhos,ele beijou meu pescoço,eu me arrepiei. Ele me virou de costas pra ele e eu apoiei minhas duas mãos na parede.

Ele beijou meu pescoço,apertou firmemente meus dois peitos ,puxou meu cabelo inclinando minha cabeça para tras e beijou meu pescoço novamente.Ele foi descendo o beijou ,passou pelo meio das minhas costas,chegou até a região do cóccix e subio com uma lambida que foi até minha nuca.Ele deslizou o pau dele que tava babando pelo meu cu.

O passou de baixo para cima,logo após desceu,fez isso umas 3 vezes.Enfim foi metendo vagarozamente o pau.aquilo ia me invadindo,me dando mais tesão,até que entrou todo e la ele o deixou , e beijou novamente meu pescoço,virei um pouco o rosto e ele me beijou.Ai ele tirou o pau e meteu em seguida.Foi metendo e eu gemendo.Ele pedio para eu empinar a bunda um pouco,eu logo atendi.Ele foi metendo em um ritmo bem calmo com a mão direita em minha cintura e a esquerda bem no centro das minhas costas.

Eu estava sentindo um tesão inexplicável,parecia que eu ia gozar.ele deu um tapinha na minha bunda e gemia um tanto quanto alto.um gemido forte condizendo com sua ação férvida.Continuamos mais um pouco assim.Ele tirou o pau de dentro de mim pegou na minha mão e fomos para o quarto.Nos beijamos um pouco e ele deitou de bruços.Eu deitei por cima fui beijando as costas dele e após meti o pau.Ele fazia uma carinha de dor e gemia um pouco.

Fui acelerando as metidas a essa altura eu suava muito o mesmo acontecia com ele.Uma sensação de extasy tomava conta de mim.parei de meter rapidamente tirei o pau de dentro dele e gozei no meio das costas dele.limpei com uma camisa que peguei largada em uma cadeira.Bati punheta pra ele lambendo o peito dele. ele se contorcia todo estava em frenesy. demorou um pouco e quando seti que ele ia gozar cai de boca no pau.Um jato de porra quente adentra minha boca tirei a boca do pau e beijei ele.Nem cuspi.

Estavamos exausto.Aquela tinha sido a nossa melhor e mais sentimental transa.Ficamos na cama deitados nos acariciando um de frente para o outro por um tempo.Logo o celular dele toca ele atende.Ele diz q era o pedro (como me dava raiva ouvir aquele nome).Logo depois ele falou:

_TA AFIM DE UMA DESPEDIDA DE SOLTEIRO BEM SAFADA?

_ESTOU MAS COMO SERÁ.

_O PEDRO ME LIGOU PARA CONVIDAR PARA AQUELA FESTINHA OND NÓS TERMINAMOS. Hum legal eu aceitei mas antes questionei o porq do pedro ter o número do celular novo dele,ele deu uma explicação dizendo q havia encontrado com ele dias antes em um super mercado e eles trocaram os numeros (será q eles só trocaram o numero mesmo?)..

Não questionei muito.Ele se levantou ,se vestiiu e disse q passaria para me buscar as 22 horas. Antes dele ir nos beijamos muito.Finalmente ele se foi,só q dessa vez ele voltaria.Passei o resto do dia flutuando pela casa.

HORAS DEPOIS
O meu celular toca,era o marcos anunciando q já estava na portaria do prédio me esperando.Corro até ele.Assim q entrei no carro logo o beijei e fomos.Ele disse q lembrava o caminho(menos mau pois eu nem fazia idéa).No caminho paramos no sinal vermelho eu dei um beijo bem quente nele e foi quando eu ouvi:

_GATINHOS!!!!!DEIXEM DE VIADAGEM!SE É POR FALTA DE MULHER NÓS ESTAMOS AQUI MEU BEM.

Quando olhei vi um carro parado do nosso lado ,só tinha mulher dentro.Mostrei meu dedo para ela e mandei ela se fuder:

_VEM ME FUDER VC GOSTOSO.

_NÃO GOSTO DE OSTRA.eu respondi.

O sinal abriu e continuamos rumo a festa.

Finalmente chegamos por volta das 23 horas.Dessa vez tinha mais carros.O marcos teve q estacionar um pouco distante onde havia vaga disponivel.Descemos do carro e ele logo me deu a mão, a rua era escura e alem do mais não tinha ninguem.Eu toquei o interfone e dessa vez logo atenderam,não perguntaram quem era e abriram a porta.Entramos de mãos dadas demos uns passos e logo o dono da festa veio nos cumprimentar e brindar a nossa reconciliação,pois ele havia visto o dramatizante fim daquilo( q na verdade era apenas uma pausa para os comerciais ).Marcos olhou para mim e disse:

_TEM CERTEZA Q É ISSO O Q VC QUER?

_QUERO!

ainda de mão dadas fomos em direção a parte interior da casa.Estava lotada bem mais do q da ultima vez.Passamos pedindo licença ao povo e ficamos frente a frente com a porta do banheiro.Entramos.

Quando ele abriu aquela porta meu coração pulou.Logo assim q entrei vejo o pedro q estava comendo um cara bombadão.Falei ao marcos q eu queria q fosse com o pedro e q não poderiamos beijar na boca de mais ninguem.Ele pegou no pau mirando para o pedro,no mesmo instante ele deixou de comer o cara e veio até nós segurando suas roupas na mão.Eu logo disse:

_E AE PEDRÃO TA AFIM DE DAR O CUZINHO PARA NÓS DOIS.

_EU QUERO CARA,MAS DEPOIS EU VOU QUERER TE COMER TAMBEM.

Eu aceitei.Marcos colocou a camisinha e enfiou toda nele,enquanto isso eu logo tratei de por meu pau na frente do pedro ele o chupou gulosamente.Marcos metia sem piedade e eu enterrava meu pau na boca dele (por diversas vezes pensei q ele fosse vomitar).Dei umas batidinhas com o o meu pau na cara dele,peguei no queixo dele e disse:

_VC GOSTA NEH SAFADO.TER DOIS MACHOS TE ENRRABANDO NEH?

Ele estava todo vermelho.Ele respondeu sorrindo q sim.Marcos dava fortes tapas na bunda dele.Tinha um monte de caras nos olhando e batendo punheta,um dos punheteiros ficava passando a mão no meu peito,eu deixei.Minutos depois eu e o marcos estavamos cheios de mãos passeando por nossos corpos.Marcos olhou para mim com uma cara bem safada e embos sorrimos.

O puxei e dei um beijo na boca dele.Logo depois ele manda o pedro se ajoelhar e começa a bater punheta eu faço o mesmo.Marcos goza um monte de porra na cara do pedro.Eu pedi para ele abrir a boca e derramei um litro de porra dentro dela.

Limpei meu pau com papel higiênico o guardei e me direcionei a porta.

_EI VC FALOU Q IRIA ME DAR TAMBEM.

Falou o pedro.

_AS VEZES EU FALO DEMAIS E BUNDA PARA VC COMER NESSE BANHEIRO NÃO FALTA.

Sair do banheiro dei a mão ao marcos o beijei no meio de todos e fomos curtir a festa.dançamos muito,sempre juntos.Nós beijavamos ,trocavamos carícias.estava perfeito.Um tempo depois fomos embora.

Chegamos no meu apartamento tomamos banho,deitamos na cama nos beijamos muito e dormimos.Eu estava muito feliz por ter o amor da minha vida ao meu lado.Quem nunca teve amores platônicos? quem nunca teve amores secretos? quem nunca sofreu por amar alguem e ter que guardar isso pra sí só?

O meu amor estava ali do meu lado na cama super convicto de que eu o amava e o que eu recebia em troca era algo que só poderia ser amor.por mais que nossa historia tenha sido complicada.O desfercho foi como eu sempre esperei.E se os meios justificam o fim.O meu está justificado.Todas as manhãs eu acordo com aquela visão perfeita.Muitas das vezes acordo primeiro ( pois ele é muito dorminhoco ),fico ali vendo o q a vida guardou pra mim.Não precoce demais,nem tarde demais, o achei no momento perfeito.Já ouvir comentários do tipo: " como pode dosi homens grandes desses serem viados?".

Tenho um relacionamento homosexual com ele sim ,mas somos felizes.quantos casais heteros ai estão sofrende de infelicidade,infidelidade e quantos homens casados ai traem as esposas com outros caras?

O importante é que tenho um montivo grande pra sorrir independente de qualquer preconceito ,independente de muita coisa,p,ois meu amor por ele está acima disso tudo.

EU E O MARCOS ESTAMOS NAMORANDO SÉRIO A 4 MESES SÓ Q ESTAMOS MORANDO EM APARTAMENTOS SEPARADOS PARA DAR MAIS PRIVACIDADE E PARA A SAUDADE SEMPRE APERTAR.NÓS SEMPRE FAZEMOS UMAS SURUBAS BEM LOUCAS, FAZEMOS ISSO PARA ALIMENTAR NOSSOS LADOS CARNEIS,MAS SEMPRE JUNTOS.SEMPRE.

A DESCISÃO DE ESCREVER ESSE CONTO VEIO EM UM DIA EM Q EU ESTAVA FUÇANDO O ORKUT E ACHEI UMA COMUNIDADE SOBRE HISTORIAS GAYS. COMECEI A LER UM CONTO E NÃO GOSTEI LI UM TRECHO DO CONTO PARA MARCOS E ELE RESPONDEU "NOSSAS TRANSAS SÃO BEM MELHORES"REALMENTE ERAM..COMECEI A FALAR COM ELE SOBRE MINHAS TRANSAS,TODAS ELAS.ELE RIA COM A CARINHA SAFADA Q ELE TEM.ENTÃO ELE SOLTOU A PEROLA "SUAS TRANSAS FORAM TODAS ENTRE MAROMBEIROS".DAÍ VEIO A IDÉA DO TITULO.O MARCOS ME AJUDOU MUITO A ESCREVER.SEMPRE QUE RELEIO ESSE CONTO ME EMOCIONO E VEJO O QUANTO A VIDA FOI BOA COMIGO.

COMPARTILHEI COM VCS MOMENTOS BONS E RUINS DA MINHA VIDA.MAS ESTOU ACABANDO AQUI ESSE CONTO E AQUI DO MEU LADO ESTÁ O MARCOS DORMINDO.RELEMBRANDO O PASSADO PERCEBO Q NÃO ME ARREPENDO DE NADA.POIS A FELICIDADE ESTÁ AQUI COMIGO E ESPERO EU Q CONTINUA POR MUITO TEMPO.

FIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

Autor: Junior
E-mail - back-to-you@hotmail.com
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.