Tenho 45 anos. Sempre gostei de homens.Fui iniciado aos 12 anos quando perdi minha virgindade anal. Depois desse dia passei a transar direto.

ja fiz muitas loucuras nessa vida com varios parrceiros. Ate que um dia fui visitar uma igreja evangelica a convite de um amigo. La fui tocado pela palavra do pastor e acabei me "convertendo". Bom parecia que tudo tinha mudadado em minha vida.Pois apesar de gostar de homens sempre tive um porte de macho, nao dava pinta nenhuma de minhas preferencias. Como estava na igreja ate parei de procurar parceiros.

Entao aconteceu o inusitado, descobri que na igreja existia uma mulher que estava gostando de mim. No começo pensei que era brrincadeira dos amigos de la mais depois que conversei com ela descobri a sinceridade dela.

Bom passamos a conversar e aos poucos começamos a namorar. No começo foi meio estranho mais comecei a gostar dela tb. Ela é 3 anos mais nova do que eu. E ela tinha um filho de 14 anos na época. No começo ele se mostrou meio ciumento pois depois que ela havia se separado da antigo marido pai dele os 2 viviam sozinhos.Bom eu acabei casando com a mae dele, inclusive ele foi padrinho nosso. Passamos a morar os 3 juntos.

Com o tempo consegui conquista-lo. Dai a liberdade entre a gente era tanta que varias vezes o via de cueca. Isso me excitava muito. Varias vezes sem que eles vissem eu pegava suas cuecas suadas e cheirava. Algumas vezes ate me punhetava cheirando uma cueca dele. Mais nao dava pinta de nada disso. Uma vez o vi pelado quando estava tomando banho coletivo num retiro da igreja. Apartir dai meu tesao por ele aumentou.

Um dia me bateu uma ideia louca. Comprei um celular e comecei a mandar mensagens sacanas pra ele. No começo ele se mostrou puto e mesmo sem saber quem era me esculachou. Mais eu continuei enviando as mensagens.

Um dia ele ficou puto e dai ligou pra mim. Eu atendi mais nao falava nada. Dai ele me chamou de viado, dizendo que nao gostava daquilo que eu devia ir dar meu cu pra outro, nunca o vim xingar assim. Mais eu me divertia com isso que cada vez que ele falava assim me excitava mais ainda.

Entao numa msg revelei que era alguem da igreja. Ele entao ficou meio assustado querendo saber quem era.Ficamos um tempao trocando msgs. Com o tempo ele ate se acostumou e ate falava sacanagens pra mim. Eu colocava creditos no celular dele e pedia pra ele ligar pra mim pra ele falar sacanagem no meu ouvido.

Eu estava totalmente tarado por ele.Fazia amor com a mae dele muitas vezes imaginando que ele entraria no quarto e me penetraria enquanto eu a comia. A mae dele acabou engravidando e ele ganhou um irmao. Por uma certa desavença ele saiu de casa e foi morar com a vo dele. Mais vira e mexe estava la em casa.Um dia estava mandando umas msgs pra ele e ele respondendo.

Entao ele exigiu que eu revelasse quem eu era senao ele nao responderia mais. Fiquei apreensivo, mais tava cheio de tesao tb. Mesmo sabendo do risco que corria,comecei a manda algumas pistas pra ele.Isso levou mais de 3 dias.

Ate que numa ultima ele descobriu que era eu. Ele entao ligou pro meu celular e disse que precisavamos conversar serio. marcamos entao de nos encontrar nos encontramos na igreja onde trabalhava. Dai la numa sala ficamos conversando.

Foi uma conversa tensa. Ele disse que nao era correto e que iria contar a sua mae. Eu pedi que por favor ele nao fizesse isso. Dai me abri com ele, contei toda a minha vida. Ele entao disse que nao contaria nada. Ele foi embora. Ficamos um bom tempo sem nos vez. Ate que um dia fui surpreendido por uma msg no tal celular. Era ele falando umas sacanagens pra mim.Disse que tinha uma cueca especial pra me dar. E que uma vez pedi a ele uma cueca gozada de lembrança. Fiquei doido.

Entao um dia ele apareceu la na igreja. Fomos pra um lugar reservado conversar, dai ele disse que meu presente estava no bolso dele. Ele entao tirou um saco do bolso e me deu, eu abri e dentro estava uma cueca. Ele disse que havia dado 2 gozadas. Fiquei doido.

Ele entao foi embora. Corri pro banheiro e fui conferiir de fato a cueca estava melada. Na mesma hora fiquei de pau duro entao toquei logo uma cheirando sua cueca gozada. Depois a escondi e mandei msg pra ele dizendo que havia adorado o presente. Ele entao disse que se eu quizesse teria mais.

Dai continuamos a nos comunicar por msg.Um dia perguntei se ele teria coragem de ficar pelado na minha frente. Ele disse que tinha. Entao o convidei pra ir la. Um dia ele apareceu dai o levei pra uma sala tranquei a porta e ele entao baixou shorte e a cueca e ainda endureceu o pau pra mim ver.

Perguntei se podia pelo menos dar uma seguradinha e ele disse que tinha certeza que eu iria pedir isso. Ele entao disse que so deixaria eu segurar e nada mais.

Eu entao meio nervoso segurei e senti o pau dele pulsado na minha mae. Implorei pra ele deixar eu dar uma mamada nele.

Ele nao queria mais eu insisti tanto que ele deixou. Entao sem perda de tempo abocanhei o pau dele.

Depois conto mais coisas que tem rolado com ele.

Beijos

Autor: Bruno.
E-mail - raphabruno@r7.com
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.