Primeira vez que escrevo aqui e espero que gostem...

Aconteceu a muito tempo, eu ainda tinha meus 16 anos e sentia essa atração mas sem entender o que era... Hje tenho 35 anos.

Meu padrinho é de descendência árabe tinha na época seus 50 anos, 1,88m, parrudão, moreno queimado de praia mas sempre foi de espirito jovem e brincalhão, todos na familia gostam dele e muito!

Sempre passei minhas ferias na casa de praia com ele e minha madrinha que gostava de ficar na cozinha sem dar muita atenção a nós dois.

Ia a praia com ele, passeava pela areia e sempre observava pela sunga dele que o volume era bem grande...mas sem entender ao certo por que me atraia tanto naquilo.

Conforme fui ficando adolescente, descobri esse desejo por homens e ele era como um simbolo de macho que me atraia cada dia mais.

Sempre contava dia para as ferias, mas uns dias antes da viagem, teve um almoço de familia em casa e ali tudo ficou preparado pra viagem dos meus sonhos, onde nem imaginava o que poderia mais ocorrer...

Sentei ao lado dele pra comer, a conversa na mesa girava em torno de todos assuntos familiares, quando senti a perna dele roçando na minha. Fiquei excitado na hora! Ele notou meu nervosismo e quando se levantou pediu pra ajudá-lo com algumas coisas no carro. Fui prontamente e quando chegamos lá ele me colocou no carro e fomos dar uma volta.

Ele parou numa rua deserta e colocou a rola pra fora, era grossa cheia de nervos, morena como ele.

Me disse que sempre notou minhas olhadas pra rola, que sentia a mesma coisa que eu e me desejava. Sabia de minhas limitações na cama por ser jovem mas que na viagem pra praia eu teria uma experiencia inesquecivel mas ali podia começar a aprender mamando ele gostoso pra tomar leitinho.

Não resisti e lasquei um beijo nele, acariciei aquela rola de 20cm grossa que mal cabia na minha mão e desci a lingua até ela, no começo quase não aguentei de tão grossa mas aos poucos fui engolindo tudo e chupando com mais vontade.

Ele urrava de tesão e isso me deixava com mais vontade de mamar a rola que esquentava mais e parecia que ia explodir as veias.

Ele acariciava minha bunda sem forçar e dizia que queria que eu perdesse a virgindade com ele.

Depois de uns 10 min mamando fiquei preocupado com a hora, ele disse me mama gostoso que vou gozar na sua boca meu afilhado!

Engoli o maximo que podia e senti aquele liquido quente escorrer pela minha boca e garganta, quente, enquanto meu padrinho num impeto de tesão enterrou o dedo no meu rabo sem dó.. doeu pacas mas não queira que ele tirasse.

Ele me beijou com a boca cheia de porra me virou no banco e meteu a lingua com porra em meu rabo virgem. Que delicia! Fui as alturas de tesão...

Com o cu molhado, ele enfiou o dedo e foi acariciando e relaxando meu cu, disse que aquele dia seria só o dedo mas pra eu me preparar pra sentir algo maior na viagem à praia.

Ficamos na posição 69 comigo mamando a rola dele e ele metendo o dedo e a lingua em meu rabo mais uns 20 min... ele anunciou gozar novamente e tambem não segurei mais, travei o dedo dele no meu cu e jorrei porra pela janela do carro toda!

Ele gozou em minha boca novamente...

Limpamos do jeito que deu e voltamos pra casa... quando chegamos ninguem se encanou de pergunta onde estávamos, afinal todos sabiam do respeito e carinho que tenho pelo meu tio e ele por mim.

Mas ele me disse que em poucos dias estariamos na praia e ele me daria a maior experiencia de minha vida....

Essa eu conto em breve pra vcs.... pois realmente foi de arrepiar de tesão...

Autor: Marcelo.
E-mail - marcelo_basp@hotmail.com
MSN - Não Divulgado
Conto enviado pelo internauta.