O que vou relatar e fato verídico mais acredite quem quiser,sei que se algum evangélico evangélica que ler isto vai dizer e verdade ou então vai se omitir do que acontece depois que acaba um culto nas Igrejas evangélicas, depois do culto ao despedir de um casal que veio nos visitar o rapaz ao me abraçar me falou em meu ouvido irmão queria muito conversar a sos com você e em particular o que falei tudo bem da um tempo depois a gente se fala, ao ficar em particular com o mesmo me convidou para ir até sua casa para tomar um café, até ai tudo bem nada de mais, convidei minha esposa e a mesma por estar cansada me falou que não ia mais se eu quase tudo bem, aceitei o convite deixei minha esposa em casa e la fui até sua casa tomar o tal café, o mesmo me convidou para entrar e me pediu para se sentar enquanto sua esposa fazia um cafézinho fresco para nos, e ai começamos a conversar sobre tudo até que o irmão me fez uma pergunta! me perguntou o que achava de um casal que tinha uma vida promíscua, lhe respondi que era errado e mais cada um sabe de si, pois quem seria eu para julgar.

Ai comentei que já tinha tido um caso e que virava e mexia estava saindo com algumas irmãs, lhe confidenciei isto porque estávamos só e a cozinha ficava longe de onde estávamos e conversando baixo, notei que seu semblante mudou e depois de me ouvir me pediu licença e foi até a cozinha falar com sua esposa, para chegar até a cozinha tinha que ir por um corredor e este corredor dava acesso aos quartos e outros cómodos da casa, notei também que ao voltar estava com um sorriso no rosto e me dizendo que o café já estava pronto que sua esposa já vinha nos servir.

Não demorou muito e la veio a sua esposa com o café em uma bandeja e acredite vestida só com um baby doll vermelho, nossa quando vi aqui pensei isto não vai prestar, e para disfarçar ela me pediu desculpa pois estava com calor e por isto colocou uma roupa leve, o que lhe falei tudo bem pois esta em sua casa e rimos, a mesma se sentou ao lado e cruzou as pernas nossa não estava aguentando pois ao ver aquela mulher gostosa ali fiquei de pau duro e tentava disfarçar, e foi ai que o irmão me falou fique a vontade irmão nos já estamos acostumado receber amigos para compartilhar das nossas farinhas viu, como me dizendo se quiser pode pegar e toda sua.

Deixei a vergonha de lado coisa que não tenho e me sentei ao lado da irmã e passando a mão em suas pernas lhe falei nossa você tem umas pernas lindas e umas coxas grossas e fui levando minha mão para o meio das suas pernas e vendo que estava gostando que abriu para melhor minhas mãos descobrir aquela xaninha gostosa pois usa só a calcinhas do baby doll, nossa estava molhadinha e ai meti o dedo e olhando para o irmão que estava sentado em outro sofá com o mesmo de pau de fora se masturbando ai não dei mole e fui tirando minha roupa e ficando só de cuecas e mostrando que também esta de pau duro ai a irmã tirou minha cuecas e meu cacete deu um pulo em seu rosto o que pegou com a mão e ficou me punhetando e passando a língua na cabeça dele e olhando para seu marido dizia olha meu corno que pica linda quer o mesmo dizia sim então vem. ele se ajoelhe e vindo até nos e junto com sua mulher passou a chupar minha pica e se masturbar dizendo nossa como e gostoso o cacete do irmão.

Depois acabou tirando sua roupa e deitando no tapete pediu para irmã ir e fazer um 69 com ele e eu ir atrás dela e meter na sua xaninha para que o mesmo pudesse chupar tanto ela como eu, o safadinho alem de chupar a esposa tira minha pica da sua xana e dava uma chupada e colocava de volta até que não aguentei e lhes falei que ia gozar o que me disseram vai goza que nos famos adorar, comecei a gozar e o safadinho do irmão tirou e começou a chupar meu cacete e lamber a xana da sua esposa foi de mais, mesmo eu gozando continuava com o meu cacete duro que o safado do irmão chupava sem parar e me dizia que delicia depois quero ele no meu cu viu irmão o que lhe respondia sim.

Depois de brincarmos ali na sala a irmã achou melhor irmos para o quarto pois sua filha podia chegar e nos encontrar ali naquela meteção, juntemos as nossas roupas e fomos para o quarto e la de porta fechada voltemos a fazer tudo novamente só que desta vez a irmã ficou de quatro na cama o irmão foi por trás e eu de pé dei minha pica para ela chupar e logo o irmão gozou e ficando de quatro me pediu para comer o seu cu já que tinha me falado que queria minha pica nele, a irmã deitou de perna aberta e o irmão começou a lhe chupar enquanto fui por trás dele e comecei a meter naquela bundinha linda com ele dizendo mete com força mete e chupava a sua esposa com ela dizendo vai goza meu viadinho na pica do irmão goza, quando o irmão percebeu que ia gozar foi para cima da sua esposa e meteu na sua xana me dizendo não deixa sair irmão e vamos gozar junto, e gemendo e dizendo nossa que delicia vamos gozar irmão vamos e com isto gozei mais uma vez.

Vendo que já era tarde lhes avisei que era hora de ir, pois sua filha poderia chegar e concordando comigo fomos e tomamos banho e fomos para sala, parecia que estava prevendo foi só a gente dar uma que estávamos conversando a menina chegou, ao vir nos comprimentar olhei como era linda a garota e o irmão percebendo meu olhar depois que ela se retirou para o seu quarto me falou gostou irmão rindo lhe falei tal mãe tal filha.

Ao me despedir dos dois e chegar no portão o irmão me falou se você quiser poderá ter a filha também, sei que e casado mais iria fazer gosto se fosse você o primeiro homem dela e vendo que não tinha ninguém na rua me deu um beijo e me falou adorei viu vamos nos ver mais pois quero ser seu e em troca você come minha esposa e se quiser poderá comer minha filha.

Marquemos para um final de semana a nossa nova suruba e espero que possa contar com a companhia de sua filha e ai sim vai ser melhor do que foi a primeira vez nossa...

Autor: O Coroa
E-mail - Não Divulgado
MSN - Não Divulgado
Conto retirado da internet.