Me chamo Pedro tenho 25 anos, branco 1,80m 80kg um corpo sempre bem elogiado, não sou bombado mas sou definido, malho bastante...

O prédio que moro é divido em tres apartamentos por andar, ao lado do meu apartamento mora um casal, a mulher esta gravida, casal jovem ele tem aparencia de ter seus 28 anos no máximo...

Bom, certo dia eu estava chegando em casa e me deparei com ele na janela do corredor que da de vista pra avenida, a janela é pequena então quem esta de fora não consegue ver quase nada mas eu ali pude ver tudo, ele dentro de uma cueca boxer que o vestia muito bem, quando ele me viu se virou todo sem graça e não pude deixar de reparar na mala que carregava era enorme, de dar agua na boca.

O cumprimentei e ele fez o mesmo, eu pra ver mais um pouco fiz hora pra abrir a porta, me ajoelhei com a mochila no chão e fingi estar procurando a chave dentro da mochila e reclamando baixo como se não estivesse encontrando, nesse momento ele se aproxima puxando assunto...

-ELE: vc mora aqui a pouco tempo neh?

-EU: sim, moro aqui a cerca de dois meses...

Ver aquele macho marado na minha frente só de cueca me fazendo perguntas, eu respondi com os olhos fixos na mala dele, e deu pra ver que estava crescendo...

-ELE: só vejo vc chegando e saindo, não é casado não?

-EU: não, não, sou solteiro, moro sozinho... vc é neh? ja vi sua esposa gravida, tem mais filhos?

-ELE: não, será o primeiro, minha mulher fez ultrason ontem, vai ser um menino, vai ser macho igual o pai, dotado e comedor... (nessa hora olhei pra cara dele e vi um sorriso muito safado...)

E ele completou dizendo que a mulher esta muito anciosa para o nascimento, que no momento estava sendo o chá de bebe dela na casa de uma amiga e por isso que ele estava sozinho la...

Peguei a chave, abri a porta olhei bem pra ele de cima a baixo, e falei que ia entrar, e muito atrevido chamei ele pra entrar...

-EU: bom, to entrando, prazer, me chamo Pedro, se precisar de alguma coisa, pode me procurar...

-ELE: prazer é todo meu, obrigado pela educação, mas sinceramente acho que do que eu preciso no momento vc não poderá me ajudar... deu uma risada e continuou,... mulher gravida, sabe como é neh, eu fico na mão!

-EU: Se quiser entrar vai ver que posso te ajudar melhor do que imagina.

Entrei, e ele entrou atras ja falando...

-ELE: Sabia que vc era viadinho desdo do dia que vi vc no primeiro dia, ja tinha visto a cara de safado de quem gosta de levar rola, mas quero ver se vai aguentar a minha...

Eu ja me sentei no sofá e ele parou na minha frente, tirei o pau dele pra fora, meia mole ainda, mais era enorme... comecei a mamar, e o pau foi crescendo mais ainda, quando tava durão, ele gemia de tesão com a minha mamada, eu lambia o saco dele depiladinho, e ia lambendo até a cabeça, ele segurava minha cabeça pra foder minha boca, e tentava colocar tudo, mais não cabia era grande devia ter uns 23cm e era muito grosso, eu segurava ele e não encostava os dedos de tão grosso... e continuei mamando, e ele me falando, agora sim, agora que ja sei vc vai ser minha putinha, e batia na minha cara, enquanto a minha mulher tiver gravida é vc que vou comer todos os dias, e depois tbm sempre que ela não quiser vc va ter que aguentar... e foi fodendo a minha a boca até que nãoa guentou e gozou, nem falou nada, quando vi jah estava com a boca cheia de leite...

-ELE: engoli todo o leite, vai minha mulherzinha, putinha gostosa, engoli todo!!!

Ele com seus 1,90m moreno claro, não era malhado não, mas definido por natureza, aquele corpo espetacular, braços fortes, só me restou obedecer... engoli e ele me fez continuar mamando seu pau que ainda estava durão!!!

Num golpe brusco ele me colocou de 4 no sofá, e caiu de lingua no meu cuzinho que piscava pedindo rola, eu delirei de tesão, e gozei sem me tocar, e ele mandando ver a lingua, quando enfiou um dedo e ficou fazendo movimento giratórios, e me chamando de putinha, de vadia, de gostosa, que era o que ele queria faz tempo.... enfiou mais um dedo, e quando vi ele ja estava com 4 dedos no meu cuzinho, estava doendo muito, mais ao mesmo tempo estava com muito tesão, meu pau não baixava...

Ele deu varias cuspidas no meu cuzinho e começou a introduzir, mesmo ele ja ter enfiado os dedos no meu cuzinho a hora que começou a fazer força pra penetrar doeu, e ele não teve dó, quando começou a entrar ele segurou na minha cintura e socou de uma vez... nossa vi estrelas, gemi alto de dor e ele me mandou calar, sem me dar tempo pra recuperar da dor, começou um movimento de vai e vem, e bombando com gosto, e eu gemendo igual putinha de rua, que foi o jeito que ele mandou eu fazer, depois ele sentou no sofá e me mandou ficar de costas pra ele e sentar na pica, nossa nessa hora ja não estava sentindo dor, só tesão, sentei e cavalguei igual uma puta mesmo...

Bom, depois de uns 20 minutos dele metendo em mim, me mandou ficar de joelhos e mamar que ele queria gozar na minha boca de novo...

Fiz, e logo na terceira ou quarta vez que enfiou na minha boca socou o maximo que conseguiu e gozou, seti jorrar direto na garganta...

Fomos, tomar banho juntos, e ele meter mais uma vez e gozou no meu cuzinho mesmo... se secou colocou a cueca, me deu um beijo maravilhoso, deu um tapa na minha bunda e falou, a gente se fala, e foi embora...

Isso aconteceu ja tem 3 anos, depois disso, ele voltou na minha casa 3 dias depois... hoje sou amigo da esposa dele, ele me apresentou pra esposa, e sempre que tem algum almoço, jantar, qualquer comemoração me chama, ja conheço a familia toda, sou padrinho do filho dele...

Não me come todos os dias como ele disse na primeira vez, mas sempre que pode ele vem aqui, ontem mesmo foi dia, que a Lu (esposa dele) foi pro interior visitar a mãe, e ele dormiu aqui em casa, estou com o cuzinho em brasa, ele me comeu de tudo que foi posição, gozou umas 4 vezes....

Beijos

Autor: Pedro
E-mail - Não Divulgado
MSN - Não Divulgado
Fonte - Internauta
Conto Enviado pelo Internauta.