Estava com tesãozinho no bumbum e resolvi sair pra ver se encontrava alguém legal.

Não gosto de ficar muito afeminada quando saio, mas esse dia eu estava assanhada. Coloquei uma bela calcinha de renda lilás, mas dessas que são mais larguinhas nas laterais e modelam deliciosamente o bumbum.

Tenho umas calças femininas de um tecido que estica e cola no corpo...vocês já sabem que meu bumbum é arredondado, portanto não preciso dizer o tesão que fica, né? Olhem meu perfil...tem umas fotos lá do popozão. Escolhi uma preta e puxei bem pro bumbum ficar bem guloso dentro dela...uma camiseta básica e um tênis e pronto...uma linda cdzinha sem afetação estava pronta.

Fui a uma boate GLS que tem um belo bar com um balcão que ajuda muito nas abordagens. Antes de escolher o lugar, vi uns coroas sentados em uma mesa próxima e dei aquela olhadinha marota...quem sabe? Escolhi um banquinho no bar que me deixasse perto e de bumbum virado pra eles, pra já analisarem o material.

Quem leu meus contos sabe que eu adoro sentar num banquinho porque meu bumbum fica redondo e arrebitado...se a calça é baixa, um pedacinho da calcinha aparece e os homens tarados adoram.

Subi nos apoios do banquinho e sentei com força, dando uma reboladinha pra ajeitar o bumbum...não sei se viram, mas quem viu deve ter ficado de pau duro!

Pedi um drink e fiquei lá de bobeira ouvindo a música ainda baixa, pois era hora de pegação. Vários moleques marombados e homens curiosos (está cheio deles!) chegaram, mas nenhum me empolgou a ponto de meu cuzinho piscar, que é meu sinal de que estou entregue ao macho.

Nisso o barman coloca um outro drink igual ao que estava tomando e diz: foram os senhores ali que te pagaram.

Olhei e lá estavam os coroas com a maior cara de tarados olhando pra mim e sorrindo. Retribui com o copo no ar, tomei um gole e me ajeitei de novo, arrebitando o bumbum levemente pra trás...agora devem ter visto, pensei.

Então um deles veio até mim e engatamos numa conversa...ele era incrivelmente charmoso, sereno e muito seguro...venha sentar-se com a gente...estamos comemorando.

- O que comemoram bb?

- Que ainda existem pessoas sensuais e deliciosas como você! Desde que você se sentou nesse banquinho você é o assunto da mesa...se é que me entende.

Humm...cuzinho piscou...tô fudida...literalmente.

Enquanto eu pegava minha bebida, ele foi na frente e se sentou...eram dois coroas, de uns 50 e poucos, um mais atlético, outro mais barrigudinho, o que aliás adoro. A mesa era daquele tipo de boate, redonda, com sofás em arco, envolvendo a mesa...então eles disseram pilantramente: senta aqui entre a gente...acontece que pra eu passar e sentar entre eles, tinha de praticamente sentar no colo do primeiro...

Essa foi a primeira encoxada leve que levei na noite... não me fiz de rogada... passei devagarinho, o bumbum quase na cara dele com a calcinha aparecendo um pouquinho nas laterais e depois pra me sentar fiz um movimento rebolativo pra ganhar espaço...hum, a noite prometia.

Feitas as apresentações, o papo rolou solto e gostoso. Bebemos muito e tudo ficava engraçado.

Como era uma boate GLS, fomos os três dançar e as bolinações começaram...deixava que cada um me abraçasse por detrás pra sentir os instrumentos duros...e não é que eram gostosos? nossa, mas que bunda deliciosa você tem, era só o que repetiam...não sossegaram enquanto não baixaram minha calça um pouquinho, quando voltamos pra mesa, só pra ver melhor aquela deliciosa curva macia que se forma no início da bunda e na parte de baixo das costas...só não meteram um dedo no meu cuzinho porque senão ia ficar muito na cara, mesmo com a meia luz do lugar.

Decidimos continuar a festinha no apê de um deles. Quando chegamos já vi que tinha bar com banquinho alto e um sofá com braços fofos e largos...uma das posições mais gostosas e excitantes é baixar a calcinha até o meio das perninhas, debruçar no braço de um sofá gostoso, arrebitar bem a bunda e ser fodida no cú sem dó...talvez porque uma sala represente algum perigo...pode chegar alguém...mas eu a-do-ro dar a bunda assim. Já estávamos meio bebuns e os sacanas aproveitaram para propor tirarmos a roupa e ficarmos só de lingerie e cueca...eu baixei a calça lenta e deliciosamente, projetando o bumbum pra trás e fiquei só de camiseta, calcinha e meinhas coloridas, bem colegialzinha...sentei com gosto no banquinho e esperei com o bumbum mais arrebitado possível.

Música rolando, um deles chega por detrás e me abraça, praticamente colocando sua piroca dura na minha bunda e me fazendo dar um grunhido abafado...essa posição no banquinho é muito, mas muito gostosa, porque o cuzinho fica na direção do pinto...basta alarga-lo, trabalha-lo e meter com gosto...vai fundo e entra fácil.

Nisso, quando vi, o outro, o barrigudinho, já estava sentado no balcão na minha frente, com o pau em riste...ai meu deus, que delícia de pinto...no tamanho certo pra abocanhar, chupar e babar.

Comecei a mamar lentamente, primeiro só a cabeça depois engolindo devagarinho o pinto, ora chupando as bolas, ora lambendo o grelinho da cabeça, o que dá um tesão danado em qualquer homem. Enquanto isso eu já tomava um belo banho de língua no cu...o safado puxou minha calcinha pra lateral e socou a língua com gosto, subindo e descendo no meu reguinho e me fazendo ir às nuvens...então ele pegou um óleo de amêndoas e lambuzou minha bunda e cu...enquanto lambuzava ia enfiando um, depois dois e depois 3 dedos no meu cuzinho que já estava alargado.

Eu rebolava que nem uma puta no cio. Etão chegou a hora do meu presente...ele colocou a cabeça na portinha e foi empurrando lentamente...eu tirei o pau da boca e abracei meu outro maxo como que indefesa, choramingando ai tá doendo papai...mas ele não estava nem aí e começou a bombar como um alucinado fazendo com que o banquinho até fosse pra frente....e eu lá abraçada ao gordinho só levando vara e gemendo aiaiai que delícia papai.

O coroa era bom e demorou bastante pra encher meu cuzinho de porra quentinha...ele tirou o pau rapidamente e me fez empurrar a porra armazenada, que começou a escorrer pra fora da bunda.

Agora sou eu né gostosa? o gordinho só tinha sido mamado e queria provar meu popozão...os dois me pegaram no colo, cada um segurando em um braço e uma perna, de modo que fiquei sentadinha no ar e me depositaram com jeitinho no braço do sofá, já virada com a bundona pra cima...nisso o que tinha me fodido subiu no sofá de modo que seu pinto ficou praticamente na minha boca e abriu minha bunda com suas mãos pro gordinho que já estava posicionado atrás...entrou que nem quiabo... o gordinho praticamente montou sobre mim e era uma potência... bombava rápido e a cada bombava saia do chão de tanto que me socava... meu cu estava alargado e essa metida era um delírio, fazendo meus olhinhos revirarem de tesão.

Nisso fui obrigada a abrir minha boquinha pra receber o outro cacete que de novo estava em pé.

Que energia esses coroas tinham...fui fodida na boca e no cu por muito tempo antes de receber outra golfada na bunda e dessa vez tomar o leitinho do pinto que estava dentro da minha boca...eram gritos e urros loucos e cheios de tesão...caímos os 3 estatelados curtindo satisfeitos, meu cu latejando e piscando.

Linda noite essa! Depois repetida e cada uma mais tesuda que a outra.

Passem eu meu perfil...tem fotinhas lá.


Autor: Gula
E-mail - Não Divulgado
SKYPE - Não Divulgado
FONTE - Conto Retirado da Internet.