Sou um estudante do segundo ano e sempre achei que o Rodrigo, meu professor de Inglês,era bicha então passei a prestar mais atenção nele.

Essas suspeitas nasceram porque eu notei que ele costumava olhar entre as pernas dos garotos durante as aulas como se quisesse advinhar o tamanho de suas rolas e eu também notava seus olhares gulosos e maliciosos para os paus dos dos garotos quando estava no banheiro.

Ele sempre usava o banheiro dos alunos embora os professores tivemos seu próprio banheiro. Minas suspeitas se confirmaram numa terça feira à noite mas antes de contar o que houve preciso apresentar o Guto para você para que possam entender melhor e história.

O Guto era um colega de classe meu e ele era um cara muito boa pinta:loiro,olhos verdes e um corpo sarado construído na academia que ele frequentava cinco vezes por semama.

As meninas ficavam loucas por ele e diziam que ele já havia comido quase todas as chavascas do colégio mas havia ainda outro boate a respeito do Guto: diziam no colégio que ele tinha uma vara enorme (algo por volta dos 20 cm) e grossa como um tronco de árvore.

Mas o que o Guto tinha de beleza ele também tinha de burrice:tirava as piores notas da sala e ninguém sabe como ele passava de ano ( às custas de cola provavelmente). Bom,pelo menos eu descobri o que ele fazia para passar em Inglês.

Bom,como disse antes o que vou contar a seguir aconteceu em uma terça feira à noite em que precisei ir a biblioteca do colégio fazer um trabalho para entregar na manhã seguinte.

Quando cheguei lá o coégio estava praticamente deserto,com excessão do segurança e de alguns alunos que estavam lá pelo mesmo motivo que eu não vi mais ninguém.

Quando terminei meu trabalho já era 8.30 (havia chegado lá às 6.00) deixei a biblioteca e fui senti vontade de ir ao banheiro, como estava com preguiça de descer ao andar de baixo para usar o banheiro dos alunos eu usei o dos professores que fica no primeiro andar perto da sala dos mesmos.

Eu sabia que aquilo era proibido mas ninguém iria me ver porque como disse o colégio estava quase vazio.Quando terminei eu saí e estava passando em frente `a sala dos professores quando ouvi alguém conversando lá dentro:

-Se eu fizer isso você vai me dar os 12 pontos que preciso para passar de ano-alguém disse.

-Claro que sim -outro alguém respondeu só que eu sabia quem era esse outro alguém:era o professor Rodrigo!

Eu poderia reconhecer sua voz em qualquer lugar.aquilo me deixou cheio de curiosidade e como a porta estava entreaberta eu me aproximei para ver o que estava acontecendo,quando cheguei mais perto vi uma cena que nunca vou esquecer:o professor Rodrigo estava ajoelhado diante de um aluno que esta tirando o pau para fora da calça e advinhem quem era esse aluno?

Ele mesmo:o Guto! O pau do cara era enorme mesmo e muito grosso como dizia a lenda.

Eu fiquei surpreso de ver a forma como o Rodrigo abocanhou aquele cacete como se nunca tivesse visto um pau na sua vida e mais surpreso de ver como ele conseguiu engolir aquilo tudo,eu tinha a impressão de que a cabeça do pau do Guto estava enterrrada na garganta do outro.

Rodrigo conseguia abocanhar tudo e ainda por cima era capaz de lamber as bolas peludas (cobertas por pelinhos loiros) e enormes do Guto então ele tirava o pau da boca e mordia aquela cabeçorra enorme,chupava as bolas uma de cada vez enfiava a lingua no buraquinho por onde sai a porra e urina .Guto tirou o pau da boca do viado faminto e massageando-o em frente a cara do outro dizia:

-Era isso que você queria?Era rola que você queria chupar?

-Era isso mesmo que eu queria:ter essa rola deliciosa dentro da minha boca,atochada na minha goela-dizia o viado desesperado e tentando abocanhar o caralho mas o outro não deixava e batia com ele na cara do professor.Se é pau que você queria então toma:

De uma só vez Guto atochou o pau por inteiro na boca de Rodrigo e começou a socar com um força tremenda,não sei como o professor estava aguentando aquilo mas ele parecia estar adorando porque estava enloquecido, babando como um cachorro louco com aquela vara imensa na sua boca. De repente Guto tornou a tirar o pau da boca do outro que ficou babando e tentado agarra-lo:

-Você gosta do meu pau-Guto perguntava batendo com a rola nas bochechas de Rodrigo.

-Sim,me deixa chupar mais um pouco ,por favor,só mais um poquinho.

-Toma viado ,engole isso tudo -disse o outro metendo a rola sem dó na boca do professor e socando com mais força que antes.Eles ficaram um bom tempo assim até que Rodrigo parou de chupar e disse:

-Agora eu quero dar o cu pra você ,mete essa rola imensa em mim sem dó e me faz urrar ,me arromba ,me machuca meu cu com esse mostro,mete ferro nesse cu sem dó.

Com brutalidade Guto virou o professor de costas e esse se livrou de sua calça e se debruçou sobre uma mesa que estava atrás de si empinando o rabo.

Guto que começou a esfregar a cabeça da rola no cu do viado então ele começou a forçar a entrada e o outro a gemer.Como o professor iria aguentar aquilo tudo a seco?

-Tá doendo?-Guto perguntou

-Sim-gemeu o outro.

-É pra doer-disse o outro enfiando todo o pau no cu do Rodrigo de uma só vez. O professsor viado só não urrou de dor porque o aluno malvado tapou sua boca com um mão e sem dar tempo para que o outro se acostumasse com aquilo dentro do seu cu ele começou a bombar com força como havia feito com sua boca antes:

-Tá gostando viado ?-ele dizia.

-Tô,acaba com esse cu,arromba ele todo e me enche de leite de macho.Arrebenta meu cu com essa rola maravilhosa.

-Depois que eu te comer, cara, cê vai ficar tão arrombado que até um trem vai entrar aí. Cê quer meu leite? Então rebola gostoso no meu cacete que eu te dou leite sua bicha. Vai,rebola senão vai levar porrada!

E Rodrigo rebolou como uma puta. Era estranho ouvir um aluno falando daquele jeito com o professor e o mais estranho era que meu pau já estava duríssimo com todoa aquela putaria,logo eu que nunca tive nada com homens e nem nunca senti nada por eles.Fiquei algum tempo assistindo ao professor levando vara do aluno quando Guto disse:

-Vou comer seu cu e gozar na sua cara.

Ele pôs o professor de frango assado sobre a mesma e socou tanto no cu dele que pensei que depois daquilo ele nunca mais seria capaz de sentar.Ficaram assim durante algum tempo até Guto tirar o pau daquele cu que já estava todo arrombado de tanto levar e fazer o professor ajoelhar na sua frentre .

O que veio a seguir me deixou excitadíssimo: ver o aluno lavar a cara de seu professor com sua porra foi demais!E foi tanta porra que achei que ele não ia mais parar degozar. Rodrigo passou a mão pela cara e lambeu os dedos comendo o gozo do outro,depois disso o aluno guardou o pau e disse:

-Vai me dar os 12 pontos?

-Já disse que sim-disse o outro ainda de joelhos.

-Você e um puto muito pervertido.

-E você é um filho da puta muito gostoso.

O que acontceu a seguir me fez abrir a boca de espanto:Guto deu um tapa forte na cara de Rodrigo,um tapa que ecoou por todo a sala:

-Não me chama assim,se tem algum filho da puta aqui esse alguém é você sua bicha ordinária!

Mas a resposta do professor me deixou ainda mais espantado:

-Pra fechar com chave de ouro!Como você sabe que gosto de apanhar de homem?E quando e um brutamonte cheio de músculos como você eu fico ainda mais louco de tesão.

-Você já deu pra metade do colégio ,inclsusive para muitos amigos meu e eles me contaram que você gosta de umas bofetadas sua seu boiola sem vergonha,comedor de porra.

Percebi que Guto estava se aproximando da porta para ir embora e então fugi e desci as escadas, fui embora para casa mas depois daquele dia todas as vezes que tinha aulas de Inglês eu me lembrava de tudo que presenciei: meu professor chupando rola,dando o cu e apanhando na cara.

Minhas suspeitas se confirmaram:meu professor era viado mesmo.


Autor: x rated
E-mail - Não Divulgado
SKYPE - Não Divulgado
FONTE - Conto Retirado da Internet.