Desde de jovem que eu tinha desejo pelos garotos, varias vezes me masturbei pensando em macho, mas o tempo passou e eu casei, tive um filho e deixei isso de lado.

Mas com o tempo esse desejo voltou, mas eu ainda casado não tinha coragem.

Meu casamento começou a andar mau.

Um dia minha esposa viajou, eu fiquei sozinho em casa. Foi ai q entrei na sala de bate papo da minha cidade, coisa q eu ainda não conhecia.

Foi então que derepente apareceu um garoto que dizia ser da minha cidade. Fiquei surpreso e apreensivo, pois minha cidade e uma cidade pequena e eu sou uma pessoa conhecida.

Conversei com ele, ele dizia q fazia programa. Vi q eu nao o conhecia, resolvi arriscar, marquei um local com ele e fui encontra-lo. Cheguei no local e ele ja estava me esperando, um belo garoto de 22 anos, muito bonito e gostoso.

Fomos pra minha casa, na minha cama. Tiramos a roupa, ele em pe, eu comecei a me esfregar nele, depois ele deitou e eu comecei a lamber seu corpo, ate chegar na sua pica, ele me deixou muito a vontade, comecei a chupa-lo, pela primeira vez eu tinha uma pica na minha boca.

Depois ele disse que estava na hora de abrir meu cuzinho. Pegou a camisinha, eu deitei de bruço, ele enfiou aquela pica gostosa em mim, começou a socar, perguntou se estava doendo, disse q sim, q era pra ele tirar um pouco, mas ele disse que não, que era pra mim relaxar e continuou me segurando forte e socando sem parar.

Depois pediu pra eu ficar de 4, o que fiquei logo sem ele tirar de dentro, continuou socando muito, disse q eu eu estava guloso pois estava engolindo a pica dele toda.

Ele gozou muito.

Depois repetimos a dose, ate na pica dele eu sentei. Foi maravilhoso, depois desse dia não parei mais de dar, adoro sentir um macho me fudendo.

Qualquer dia conto outra aventura, ate mais.


Autor: Marcos Paulo
E-mail - valetudo2011@hotmail.com
SKYPE - Não Divulgado
FONTE - Conto enviado pelo Internauta.