O Touro e o Cavalo Meu nome é Evelthon, tenho 21 anos. Há alguns meses fui passar o final-de-semana na fazenda. Estava muito calor e decidi me embrenhar pelo mato p/ nadar num riacho distante. Escolhi nadar num trecho em frente ao rancho do vizinho. Cheguei no riacho e próximo à margem oposta estava ele, chamava-se Pedro e estava absolutamente gostoso!

Ele estava consertando uma cerca, só de calça jeans, apertada, cinto, chapéu. Tinha um corpo musculoso de tanto trabalhar, bronzeado e suado de sol, uns 25 anos. Eu disse que ia nadar um pouco, tirei toda minha roupa.... Ele me olhava....Também observava seus braços fortes baterem o martelo, gotas de suor desciam de seu rosto, pescoço, alcançando seu peito até entrar dentro da calça.

Afastei esses pensamentos e comecei a flutuar na água. Um minuto depois, percebi que Pedro estava junto à margem. Estava de costas p/ mim e tirou a calça bem devagar. Ainda boiando, vi sua bundinha firme e perfeita! Depois suas coxas grossas e cabeludas, suas pernas....!!! Fechei os olhos, ele mergulhou.....

De repente, sinto uma mão grande e calosa apertar minha bunda, debaixo da água! E sua cabeça surgiu entre minhas pernas (eu ainda flutuava) e sua boca tocou meu pau!!! Pedro foi sugando meu cacete, que cresceu todinho (21 cm) dentro de sua boca. Ele então enfiou seu dedo grosso no meu anel......UUHHH!!! Como era bom!!! Outro dedo invadiu meu buraco...lambia meu pau com intensidade. Então ele parou e me puxou p/ junto dele. Disse: _ Gostou, meu Cavalinho? Vamos continuar lá dentro?

Fomos p/ o quarto dele. Sua cama cheirava homem suado e isso me excitava. Ele deitou na posição frango e falou: _ Vem meu cavalinho, chupa tudo! Abocanhei seu pau grosso de uns 18 cm inteiro. E ele gemia: AHHH!!! HUMMM!!! Desci minha língua até seu cuzinho molhado e limpo.

Abri bem sua bunda e meti minha língua! Lancei-me por cima dele p/ comê-lo, mas ele me segurou com força e me virou. Quando ele me encoxou, eu me entreguei!!! A ponta do seu pau encaixou na portinha do meu cu e foi entrando, entrando, sai um pouquinho, entrou, saiu e depois enfiou tudo! Ai, Ui, seu peito, seus braços, suas coxas me encostando atrás era ótimo!!! Pedro dava linguadas em minha orelha, falava: _ Meu putinho gostoso, sempre quis esse reguinho macio, sente meu ferro no teu rabo!!! E eu: _ Come, fode tudo, Tourão comedor.

Faz um vai-e-vem gostoso, bate seu saco nas minhas coxas! Pedro tirou seu pau e colocou de novo, sem dó!!! E eu gritei, berrei de prazer! AAAHHHHH!!! AAAHHHH!!! AAAHHHH!!! E eu pedi p/ comê-lo. Sentei na cama e Pedro colocou seu traseiro no meu colo.

Seu anel piscava pelo meu caralho. E foi descendo, abaixando, e meu pau entrando fundo, penetrando e ele ganindo de dor: _ Rasga meu cu, Cavalo, aaahhhh, ai, ai, UUUHHHH!!! Peguei seu pau p/ punhetar. E ele rebolava muito, pulava como louco no meu colo..... Nossas coxas batiam e ele fazia seu cu apertar meu pau!

Sentou com mais força, e eu mordi sua nuca, sua orella.... Meu pau começou a gozar e lambuzei sua bunda....

Ele também gozou, pegou sua porra e passou em minha boca ......... .AAAHHHH!!!! UUFFFF!!!! ......Respirávamos cansados....

Ele saiu devagar do meu colo, deitamos abraçados na cama, nos beijamos.....

Depois terminamos nosso banho no riacho e nos despedimos...................................

No outro fim-de-semana..... Bem, isso é outra história............!!!!!!



Autor: evelthon
E-mail - Não Divulgado
SKYPE - Não Divulgado
FONTE - Conto Retirado da Internet.