Quando eu era menino nos anos de 1968 a 1970, eu um garoto ja safado, mudamos para um sitio perto de um lugarejo que havia umas familias meio indigenas, e uma familia com inumeros filhos, só que nem um ia a escola, e minha mãe começou a dizer que eles tinhão que estudar que roça não traria futuro, a mãe deles matriculou dois o Luiz e o Lindolfo, Lindolfo deveria ter uns 16 anos, o Luiz uns 12 por ai, eu era incubido levar eles na escola apesar de ser bem mais novo que eles, mas eles eram bem tapados fora da realidade...

Certo dia o Luiz faltou e só foi eu o o mais velho, quando estava voltando da escola paramos embaixo de uma arvare, logo pedi pra ver pau dele, ele todo envergonhado, eu insistindo que ele colocasse para fora, ele com vergonha dizia não tinha nada de mais pois nois dois era homem, e fui direto na suas calças e apalpei, senti mala grande, apalpava e sentia ele crescer, e puxei ele para um matinho fora do caminho, eu era novo mais sabia o que queria...

Chegando la, tirei pau dele para fora, e punhetei bicho crescia, ele gemia, perguntei ja tinha metido ele disse não, seu pau fedia sebo, disse a ele que tinha se lavar melhor, bati uma para ele, e passava mão na sua bunda... logo ele gozou, e fomos embora...

No dia sequinte o irmão dele foi na aula, dai eu convidei ele para irmos em uma grota, pegar umas manga ia só eu e ele, depois da aula, tive ir pedir para mãe dele, logo ela concordou era bobona tambem e humilde.....

Chegamos na grota, logo pedi pra ver seu pau, neste dia estava mais limpo, punhetei ele, e deixei ele colocar entrada minhas pregas e apertava, ele logo gozou eu batia uma para mim... ficamos longo tempo por la, até me dei tezão de novo, pedi tirasse pau, mas queria ver toda sua bunda, e pedi deixasse eu colocar nele, logo ele aceitou, eu meti no seu cuzinho, ele gemia dizia doia... em sequida deixei ele colocar em mim, apesar do pau grande devia ter 18 cms passei bastante saliva, eu ja tinha dado, mas aquele era grande, deite e mandei ele subir em cima e me fuder, ajeitei entrada resto ele fez... senti dor contração, mas aguentei pauzão me arrombando... por uns tempos metiamos...

Certo dia fui com umas primas na casa de outra e dona não estava la, só seu filho que devia ter uns 20 anos, ele chamou minhas primas no quarto eu fui sondar e vi ele mostrando o pau pra elas fiquei alucinado com pauzão cor chocolate, logo fui quarto e chamei elas para ir embora, e disse elas estavão fazendo besteira, elas negarão, fomos embora, fiquei com aquilo na mente...

Passou uns dias encontrei com fulano, ele estava rossando um pasto, chamei ele na cerca e fiquei conversando com ele o Bastião, dai disse ele estava mostrando pinto para as meninas, ele desmentiu eu afirmei que vi, ele ficou sem graça, eu logo emendei que queria ver tambem, ele relutou não queria, eu disse voce que sabe, ele ta bom vamos ali atrás da arvore, ja fiquei numa tesão enorme, ele tirou ele mole e logo ia guardar, eu disse quero ver duro como estava, ele baixou a calça, cheguei perto e peguei no pau logo ele cresceu, era enorme devia ter 20 cms ou mais e grosso , me deu vontade de mamar, logo cai de boca era primeiro pau que eu mamava, lambia cabeça, sugava ele, e mechia sua bolas, ele não aquentou me levou mato fechado, continuei mamando, ele dizia eu era doido, disse come meu cu, ele se ta doido, disse come me rasga, ele voce não comenta com ninguem disse não, pode ficar tranquilo, me despi pasei guspe deitei chão, queria sentir aquela vara, ele guspiu cabeçona da rola eu ajeitei na entrada ele foi colocando devagar, eu gemendo, e dizendo doia, ele continuava até seu pau sumiu dentro de mim, eu gozava sem por mão meu pau, deu umas bombadas, e me encheu de gala, e disse voce é triste em moleque, que bunda gostosa voce tem.....

Fui para casa estourado passou uns dias estava eu passando ele me chamou, fui até ele, logo me convidou ir mata, fui mamei e dei muito, desta vez ele demorou para gozar, pau entrou feito quiabo, eu ja levantava bunda e pedia que metesse forte, ficamos assim bom tempo, depois mudamos...



Autor: JUNIOR
E-mail - Não Divulgado
SKYPE - Não Divulgado
FONTE - Conto Enviado pelo Internauta.